Interact - Gestão de Negócios

O GOLPE DA CÓPIA DA NOTA FISCAL


O responsável pela parte financeira da clínica juntava diversos pagamentos e emitia um cheque único para quitação desses valores. O cheque era nominal ao banco ou ao dono da clínica que o endossava no verso.

Esses pagamentos incluiam notas fiscais de alguns serviços. No mes seguinte colocava no meio dos documentos a serem pagos uma cópia da nota fiscal paga no mes anterior e na verdade ficava com o valor sacado sob esse título.

COMENTÁRIO DA ESPECIALISTA:

A função da contabilidade é de registrar toda a movimentação financeira da clínica. Todos os documentos, inclusive os etratos bancários da pessoa jurícida, devem ser enviados à contabilidade para que ela possa exercer seu trabalho.

Se os documentos não forem enviados, não há como se fazer a checagem desses lançamentos financeiros.

Uma contabilidade que analise toda a documentação recebida e que seja bem feita certamente detectaria o golpe ao registrar a mesma nota fiscal sendo paga mais de uma vez.